sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Súbito



É o olhar.
Ele se perde
Nas gotas gordas e moles.
Depois se joga
E explode desencanto na calçada
Desta tarde que chove e me invade

4 comentários:

Sônia Brandão disse...

Claro,sintético e sem rebuscamento. Me agradou bastante.
Um beijo.

Joe_Brazuca disse...

invasões que se esborracham nas calçadas, invadem nossos olhares...
pq é olhar...inevitável
Bom !
bj

Laura Fuentes disse...

O olhar às vezes explode em desencanto calçadas afora. E tua poesia explode em emoção. Belíssima também a foto.

Ígor Andrade disse...

Me invadiu também!

Abraço!