sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Plantar

Arei os sonhos com as unhas
Abri valas
Semeei com urros
Reguei com suor.

Brotaram dias e noites e dias
Noites e dias de sol e ar
Dias e noites de brisa e chuva

Vidinha que cresce verduenga
Viçosa vida que rasga robusta
o solo barroso e vinga



MyFreeCopyright.com Registered & Protected/left>

2 comentários:

Cibele disse...

Gosto das suas letras... Gosto de seus versos estranhamente vividos!
Parabens mais uma vez. Não vou me cansar nunca de falar isto ...
Beijos da
Araujomia

Bea - Compulsão Diária disse...

Meu querido,
projetos feitos com os pés plantados no sonho e a realidade norteando a realização.
Você é um excelente construtor de vida, meu cúmplice nas aventuras do fazer nosso canto no mundo: nossa casa...ops, Casa do Chico.