quarta-feira, 25 de março de 2009

Grito

Ensina-me a falar alto
Quando o grito é para dentro
E reverbera no oco do crânio,
Solitário canto gregoriano

Mostra-me o jeito certo
De cantar antiga canção
Que fala de amigos e amores
Enquanto à boca chiusa eu falo

Dá-me aula de como dizer
Que os gestos também ocultam
Não traduzindo o que a alma berra
Em sons ectoplasmáticos surdos

Preciso que me mostre claro
Como dizer, gritar, urrar
O que bole cá dentro
De tanto amor que lhe tenho

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Um comentário:

Compulsão Diária disse...

Você sabe dizer. E qdo faz serenata? Aí é lindo!