quarta-feira, 11 de março de 2009

Sol

A seda áspera da tarde quente
Roça o couro
Arranha como palma de espinho
Reluz em ouro
Aquece dentro e queima fora
Reflete claro
Ilumina até mesmo a sombra
Cintilante astro


©Marcos Pontes

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Um comentário:

Compulsão Diária disse...

A seda cintila, apesar do calor, dos perigos, dos espinhos e reflete ouro claro.
Seu sol é quente, pelando mas é lindo